domingo, 22 de abril de 2018

Uma gigantesca proeminência solar foi capturada nesta incrível astrofotografia histórica



O Observatório Astronômico Nacional do Japão publicou esta incrível astrofotografia histórica.

No dia 31 de Julho de 1991 um coronógrafo do Norikura Solar Observatory, fotografou uma gigantesca proeminência solar. Ela começou elevando-se a uma velocidade lenta de 30 km/s, mas depois começou a acelerar gradualmente.

Em seguida, transformou-se num enorme arco com uma altura de 590.000 km.

O Norikura Solar Observatory observou este tipo de erupções proeminentes em diversas ocasiões.

Só que desta vez o fenômeno foi também observado pelo satélite “Yohkoh” (lançado em Agosto de 1991) e pelo Helio-radiômetro Nobeyama (começou a funcionar em Junho de 1992).

Foi uma observação simultânea numa das linhas de emissão do espectro do Hidrogênio, a H-alfa (que se denota por Hα), por raios-X e por ondas de Rádio.

Isto permitiu captar totalmente a fase inicial e o desenvolvimento da erupção desta proeminência.

Esta observação histórica abriu caminho à compreensão da estrutura magnética das proeminências.

Créditos: NAOJ