sábado, 31 de dezembro de 2016

Céu azul do planeta-anão Plutão

Este é Plutão e o céu é azul, assim como o da Terra.

A descoberta surpreendeu os cientistas. A imagem que revela a atmosfera azul foi feita pela sonda New Horizons durante sua passagem por Plutão.

Um céu azul geralmente resulta da dispersão da luz solar por partículas muito pequenas. Na Terra, essas partículas são pequenas moléculas de nitrogênio. Em Plutão, elas parecem ser partículas maiores - mais ainda relativamente pequenas - que os cientistas as chamam de Tolinas.
 
(As Tolinas são formadas na atmosfera, onde a luz solar ultravioleta se parte e ioniza as moléculas de nitrogênio e metano, permitindo que elas reajam uma com a outra. Nesse processo são formados íons carregados positivamente e negativamente. Quando combinados, eles formam macromoléculas complexas. Não são achadas naturalmente na Terra atual, mas são abundantes em corpos gelados no Sistema Solar externo, como Titã.)
 
As novas imagens de Plutão também revelaram, em vários pontos, a existência de gelo de água exposto em Plutão.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Vídeo: Decolagem da missão Apollo 11 - Legendado


Os astronautas estavam sob o olhar de centenas de milhares de espectadores que enchiam estradas, praias e campos em redor do Centro Espacial Kennedy e de milhões de espectadores pela televisão em todo o mundo, para a histórica missão de oito dias de duração, que culminou com as duas horas e quarenta e cinco minutos de caminhada de Armstrong e Aldrin na Lua.